Volume de dados que trafegam diariamente na internet pesa 0,00567 miligramas

Por Redação do IDG Now!
Publicada em 04 de julho de 2007 às 18h29
Atualizada em 04 de julho de 2007 às 19h11

São Paulo – Peso do tráfego de informações enviadas através da rede foi alcançado através de cálculos baseados em elétrons e bits.

Se fossem colocados em uma balança, quanto pesariam todos os dados enviados diariamente pela internet? A resposta final, obtida através de cálculos baseados em elétrons e bits, é 0,00567 miligramas, segundo uma reportagem da Discover Magazine de Junho.

Para entender o peso da internet, é preciso compreender o processo essencial que controla toda a informação que passa pela rede.

Para atravessar a web, a informação é dividida em partes que, por sua vez, contém dados – cujo tamanho varia de uma dúzia a milhares de bytes. Assim como a informação em si, estas partes também contém detalhes que são usados para determinar o destino dos dados.

Independente do local onde as informações vão chegar, há um ciclo básico que se repete: a mensagem é armazenada na memória de um computador, analisada para seu destino ser encontrado, decodificada para a transmissão – aí atuam os elétrons. O processo reinicia e se repete quantas vezes forem necessárias.

O importante deste processo, contudo, não são os elétrons, mas sim o padrão dos bits que as informações descrevem. Eles percorrem longas distâncias e são reconstruídos na memória eletrônica de todos os sistemas nas redes por onde trafegam.

A partir daí, o raciocínio é o seguinte: dentro da memória de um computador, há um condensador de bits 1 e 0, que é componente de um chip. Por sua vez, o chip armazena elétrons.

Ao calcular o peso dos bits associados a uma parte da informação na memória de um computador, metade do caminho é percorrido.

Se um e-mail possui aproximadamente 50 kilobytes, ele é composto por 409.600 bits. Para cada e-mail ser armazenado, são necessários 8 bilhões de elétrons. O peso de cada e-mail seria, então, 9 x 10-31 kg. Mas ainda são necessários alguns dados para concluir o cálculo inicial.

O tráfego de e-mails equivale a 9% das atividades que ocorrem na web, segundo o relatório Internet Growth 2006, de Clifford Holliday. Estes dados contabilizariam 40 petabytes, ou 40 x 1015 bytes.

Com estas informações é possível calcular o peso dos dados enviados diariamente através da grande rede mundial, que é de apenas 0,00567 miligramas. O volume inclui todo tipo de informação que as pessoas trocam – de contratos de negócios a cartas de amor, decodificados em números um e zeros.

Juntos, estes bits pesam o equivalente ao menor grão de areia possível – que mede apenas dois milionésimos de polegada.

~ por Izildo Souza em julho 4, 2007.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: